Conheça as responsabilidades do contador para sua empresa

Um contador possui inúmeras responsabilidades perante seus clientes. Afinal, é a pessoa que se deve procurar quando é preciso saber sobre dados econômicos, patrimoniais, tributários e previdenciários.

O profissional contábil fornece informações fundamentais para o controle e a tomada de decisões de uma empresa. Justamente por se tratar de documentos muito sensíveis à sobrevivência de uma organização, é preciso entender com exatidão as responsabilidades de um contador.

 Conheça as responsabilidades do contador para sua empresa

Responsabilidade #1: Documentos

A primeira grande responsabilidade de um contador está em relatórios. Abertura de novas empresas, preenchimento de livro contábil, balanços patrimoniais e a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) são apenas algumas das inúmeras tarefas iniciais de responsabilidade do contador. Inclusive, muitos dos documentos exigem a assinatura do profissional para provar a veracidade dos dados.

Outra responsabilidade está nas declarações. Toda empresa necessita provar sua regularidade perante aos órgãos reguladores nas esferas municipal, estadual e federal. Para isso, várias declarações são necessárias: Declaração de Imposto de Renda, SPED (Sistema Público de Escrituração Digital), NovaGIA (declaração de notas fiscais de compra e venda de produtos e serviços) são alguns exemplos.

 

Responsabilidade #2: Veracidade dos Documentos

Não somente o contador tem responsabilidade na elaboração e emissão de documentos, quanto é responsável pela autenticidade e veracidade dos dados. Se, por exemplo, o balanço patrimonial feito pelo contador apresentar erros técnicos, em até cinco anos o responsável por sua elaboração poderá enfrentar problemas jurídicos. Afinal, um balanço incorreto poderá levar a empresa a não considerar importantes bens, direitos e obrigações existentes, podendo gerar danos irreparáveis. Essa é a chamada responsabilidade civil.

Existe também a responsabilidade tributária. Aqui se fala especificamente de falsificações, ou seja, erros intencionais para reduzir os tributos a serem pagos pela empresa. A “maquiagem” de notas fiscais é um exemplo clássico desse tipo de ação. O contador descoberto praticando esse tipo de ato não somente está passível de multas como pode ficar até cinco anos proibido de exercer qualquer função contábil.

Por fim, há a responsabilidade criminal. Ela também se trata da falsificação de documentos contábeis, porém aqueles diretamente relacionados à folha de pagamento. Um exemplo está na adulteração de um documento a ser coletado pela Previdência Social, fazendo com que a empresa pague menos do que deveria. O contador responsável por esse tipo é passível de prisão de até 6 anos, tendo em vista que se trata de um crime de responsabilidade de contador, previsto no Código Penal.

 

Procure um contador de confiança para sua empresa!

Como é possível perceber, o contador possui muitas responsabilidades. Por isso é tão importante ter um profissional competente e de confiança, afinal, a veracidade dos documentos é diretamente responsável pelo sucesso de sua organização. Felizmente, você pode sempre contar com a Marina Contábil quando se trata da contabilidade de sua empresa.

 

Fonte: Jornal Contábil


« Voltar