Microempreendedor Individual em alta

Já são mais de 540 mil negócios formalizados em Minas Gerais. O microempreendedor individual (MEI) representa atualmente a maioria (51%) dos optantes pelo Simples Nacional no estado. Em abril, o modelo de formalização empresarial ultrapassou o número de micro e pequenas empresas (MPE) cadastradas no regime tributário. Os números são do Sebrae Minas Gerais, com base nos dados da Receita Federal.

De acordo com especialistas, o crescimento dos MEI foi impulsionado pelas vantagens oferecidas pela formalização dos negócios. O MEI foi criado a partir da aprovação da Lei Complementar nº 128, há 6 anos. E desde então, o número de cadastrados não parou de crescer.

Dentre as vantagens estabelecidas, estão o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o pedido de empréstimos, a emissão de notas fiscais e menores tributos cobrados. Os formalizados ainda têm acesso a auxílio-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria e outros benefícios.

Ainda segundo especialistas, outro fator que impulsiona a formalização é o atual cenário da economia brasileira. Demissões e dificuldades financeiras acabam estimulando o empreendedorismo, que também pode ser uma opção para complementar a renda.

 

Fonte: Diário do Comércio

 


« Voltar